Pesquisa do IBGE mostra que produção industrial retomou crescimento em agosto

Pesquisa do IBGE mostra que produção industrial retomou crescimento em agosto

Depois de três meses em queda, a produção da indústria brasileira voltou a crescer, na passagem de julho para agosto. A taxa foi 0,8%. Segundo os dados divulgados nesta terça-feira (1º), pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística -, a alta de agosto significa a recuperação de quase toda a perda acumulada desde maio.

Ainda de acordo com o IBGE, o resultado, que foi o melhor para o mês de agosto desde 2014, foi puxado pela indústria extrativa, que cresceu 6,6% no mês, influenciada pelo aumento na extração de minério de ferro, petróleo e gás.

A Pesquisa Industrial Mensal do IBGE mostra, no entanto, que apesar da alta, a indústria apresenta perda de ritmo em relação a 2018, com o acumulado em 12 meses passando de -1,3%, em julho, para -1,7%. Frente a agosto do ano passado, o total da indústria caiu 2,3%.

O IBGE informa que, de julho para agosto deste ano, somente uma das quatro grandes categorias econômicas e 10 dos 26 ramos pesquisados mostraram expansão na produção.

O gerente da pesquisa, André Macedo, reiterou que a influência das indústrias extrativas foi fundamental para o resultado de agosto. Foi a quarta taxa positiva consecutiva, fazendo a atividade acumular um ganho de 25,2%, nesse período.

“É preciso ficar atento a esta questão da concentração do crescimento. Tem poucas atividades mostrando expansão na produção, há uma de ramos indústriais em queda, então precisamos ter um pouco de cautela em cima desse resultado”, afirmou.

As principais influências negativas vieram de veículos automotores, que caíram 3% com a redução das exportações para a Argentina, devido à crise econômica naquele país e do setor de vestuário, que recuou 7,4%.

Fonte: Por Cristiane Ribeiro | EBC

Áudio: Pesquisa do IBGE mostra que produção industrial retomou crescimento em agosto

Deixe uma resposta