Brasil quer dobrar número de turistas internacionais até 2022

Brasil quer dobrar número de turistas internacionais até 2022

Segundo dados da ONU, enquanto a economia mundial desacelera, o número de turistas internacionais cresceu 4% no primeiro semestre de 2019 em relação ao ano anterior.

Mas o Brasil ainda enfrenta gargalos que impedem aproveitar esse boom. O país reduziu em 5% o turismo internacional no primeiro semestre deste ano.

Segundo as Nações Unidas, a queda foi motivada pela crise econômica na Argentina. Nossos vizinhos são os principais visitantes do país. Em 2018, pouco mais de 6,6 milhões estrangeiros visitaram o Brasil.

A Espanha, principal destino do mundo, recebeu mais de 80 milhões de estrangeiros no ano passado.

Para tentar alavancar o setor, o ministério do Turismo lançou um plano para dobrar o número de turistas internacionais, até 2022, passando de 6 milhões para 12 milhões.

Em julho, o país deixou de exigir o visto para visitantes de quatro países: Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão. O que, segundo o governo, aumentou os gastos de turistas estrangeiros no Brasil em mais de 43% em relação ao mesmo mês de 2018.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, acredita que o setor pode promover a retomada do emprego.

Uma concessão para a rodovia que liga Palmas ao Parque do Jalapão, com cachoeiras e dunas; a ampliação do aeroporto de Foz do Iguaçu; a ampliação de portos para receber transatlânticos, como o do Camboriú, em Santa Catarina, e a ampliação da infraestrutura para chegar à Serra da Capivara, no Piauí, estão entre os projetos do ministério.

A presidente da Associação Brasileira de Agência de Turismo, Magda Nassar, acredita que falta orçamento para investir na área.

A consultora de viagens Mariela Vasconcelos já conheceu mais de 32 países e trabalha produzindo roteiros para viajantes. Ela opina que a imagem do país no exterior afeta a vinda de turistas internacionais.

Mariela aponta ainda a infraestrutura para chegar aos destinos e a dificuldade em encontrar profissionais que falam inglês como obstáculos para atrair turistas.

Em 2020, a comemoração do Dia do Turismo deve ser na região da Tríplice Fronteira, que une o Brasil, Argentina e Paraguai. Pela primeira vez, países do Mercosul vão sediar a cerimônia.

Em 2020, a comemoração do Dia do Turismo deve ser na região da Tríplice Fronteira, que une o Brasil, Argentina e Paraguai. Pela primeira vez, países do Mercosul vão sediar a cerimônia.

Fonte: Por Lucas Pordeus León | EBC

Áudio: Brasil quer dobrar número de turistas internacionais até 2022

Deixe uma resposta