PRF e Direitos Humanos fazem parceria contra exploração sexual

A ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, e o ministro da Justiça, Sergio Moro, assinaram hoje (11) um acordo de cooperação técnica com a Polícia Rodoviária Federal.

A ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, e o ministro da Justiça, Sergio Moro, assinaram hoje (11) um acordo de cooperação técnica com a Polícia Rodoviária Federal. O objetivo é fortalecer o Projeto Mapear, contra a exploração sexual de crianças e adolescente nas estradas brasileiras.

Damares explicou que o projeto já existe há muitos anos. A mudança é que, agora, os policiais rodoviários terão prioridade no contato com o Disque 100, serviço que registra violações de direitos humanos, e com o Disque 180, que recebe denúncias sobre violência contra a mulher.


SONORA DAMARES ALVES: “Onde a PRF estiver, agora eles terão mais uma atribuição: nos ajudar de uma forma mais efetiva. Por exemplo: de madrugada, eu recebo uma ligação no Disque 100, que precisa ser investigada imediatamente. Então o nosso Disque 100 vai ter uma linha direta com a PRF. Então vai ser uma resposta mais rápida, uma resposta imediata.”

O acordo tem vigência inicial de 60 meses e vai incentivar a troca de informações e documentos entre os órgãos envolvidos; a distribuição de material informativo e a realização de cursos e palestras. O objetivo é orientar tanto as autoridades quanto a população sobre como identificar e denunciar casos de exploração sexual de menores de idade.

Damares Alves também antecipou outras ações em parceria com a PRF: a criação de uma rede de proteção aos idosos e à população LGBTQI, com foco nas travestis; reforço no combate ao trabalho escravo e ações de prevenção ao suicídio.

Reportagem: Da Rádio Nacional, em Brasília, Victor Ribeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *