Mercado de trabalho procura profissionais com habilidades socioemocionais, diz estudo

Mercado de trabalho procura profissionais com habilidades socioemocionais, diz estudo

Se comunicar de maneira eficaz, trabalhar em equipe ou sob pressão e ter capacidade de gerenciar o tempo estão entre habilidades que hoje valem ouro no mercado de trabalho.

Um estudo realizado pela IBM, empresa de tecnologia dos Estados Unidos, concluiu que a tendência é que as empresas valorizem mais as habilidades interpessoais do que as técnicas.

A pesquisa foi realizada com quase 6 mil diretores-executivos de 48 países e publicada neste mês.

A executiva da IBM para Universidades da América Latina, Alcely Barroso, aponta que a chamada habilidade socioemocional tem crescido em importância dentro das corporações.

O analista de política e Indústria da Confederação Nacional da Indústria, Marcos Arcuri, afirma que a automação de serviços fez as habilidades comportamentais ganharem destaque no mercado no setor da indústria.

O estudo revelou ainda que 59% dos executivos entrevistados afirmam não ter pessoas, habilidades ou recursos necessários para executar os negócios.

Essa realidade aumentou em 10 vezes, nos últimos 4 anos, o tempo investido para capacitar um profissional em uma nova habilidade.

No Brasil, por exemplo, o tempo passou de quatro para 40 dias de capacitação dos empregados por ano.

Em 2018, as habilidades mais difíceis de serem encontradas no Brasil, segundo os executivos, eram pessoas com capacidade de “gerenciamento de tempo e de priorização de tarefas”, além de “disposição de ser flexível, ágil e adaptável às mudanças”.

Duas habilidades do tipo comportamental ou socioemocional.

Fonte: Por Lucas Pordeus León | EBC

Mercado de trabalho procura profissionais com habilidades socioemocionais, diz estudo

Deixe uma resposta