Prefeitura de Governador Celso Ramos revoga decisão de liberar algumas categorias de atividades não essenciais

Prefeitura de Governador Celso Ramos revoga decisão de liberar algumas categorias de atividades não essenciais
Com o Decreto 34/2020, prestação de serviços autônomos e atividades realizadas por profissionais liberais continuam suspensos até a próxima quarta-feira (08/04).

O prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Duarte Campos, revogou na tarde de quinta-feira (02/04) o artigo 2 do Decreto Municipal 33/2020, publicado na segunda-feira (30/03), que prorroga as medidas de enfrentamento ao COVID-19. Esse artigo refere-se à autorização para volta às atividades de algumas categorias de atividades não essenciais, como prestação de serviços autônomos e atividades realizadas por profissionais liberais.

De acordo com o novo Decreto Municipal 34/2020, portanto, os serviços prestados por escritórios de escritórios de advocacia, escritórios de contabilidade, salões de beleza e barbearias continuam suspensos até a próxima quarta-feira (08/04).

Outras atividades que estão sem autorização para abrir nesse período são o setor hoteleiro, que não poderá receber novos hóspedes, e serviços privados que possam aglomerar pessoas, como academias, bares e comércio em geral.

A decisão não atinge as atividades da construção civil, que podem operar desde que observada a proibição de alojamento coletivo para trabalhadores. Restaurantes, bares, lanchonetes e cafés também estão autorizados a atender por meio de sistemas como retirada na porta, delivery (tele-entrega) e drive thru.

Para ler a integra das normas, acesse: Decreto Executivo 34/2020 e Decreto Executivo 33/2020.  

fonte: https://www.governadorcelsoramos.sc.gov.br/

Prefeitura de Governador Celso Ramos revoga decisão de liberar algumas categorias de atividades não essenciais

Deixe uma resposta